E se o meu parceiro não quiser ir à terapia de casal?

Ficam aqui algumas dicas que ajudarão a convencer o seu parceiro a ir à terapia consigo:

1. Tenha cuidado com o quando e como fala da terapia

O mais certo é que esteja frustrado com a sua relação. Se não estivesse não procuraria ajuda, certo? Mas é muito importante que não fale da terapia no meio de uma briga. Em vez disso, espere por um momento em que se estejam a dar bem. Diga-lhe que quer mais momentos destes, e que terapia poderia ajudar a que se dêem mais vezes bem. 


2. Responsabilize-se em parte pelos problemas na relação

Até pode sentir que os problemas no seu relacionamento são realmente culpa dele, mas garanto que provavelmente não o são. Os dois precisam de mudar, e os dois precisam de participar neste processo de mudança. Mostre-se vulnerável e motivado para aprender novas formas de lidar com o outro. 

3. Informe-se sobre terapia de casal 

O medo de não saber o que vai acontecer na terapia pode levá-lo a rejeitá-la. É importante que ele saiba o básico: que o profissional não vai tomar partido, que a terapia não vai durar para sempre e que já se conseguem resultados com apenas algumas sessões, e principalmente, que não é preciso ser louco para fazer terapia. Proponha um momento para pesquisarem sobre terapia de casal na internet.

People photo created by yanalya – www.freepik.com